Eventos | Colégio de São Bento

Eventos

Eventos

Vem aí o Prêmio Literário Dom Marcos Barbosa

Com o objetivo de incentivar o aprimoramento da produção escrita de seus alunos, o Colégio de São Bento irá premiar anualmente, a partir do ano de 2013, os melhores textos produzidos no dia a dia de sala de aula. Estarão participando automaticamente do concurso, todos os alunos do 4º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio. As produções finalistas serão publicadas mensalmente no ambiente educativo do colégio e o resultado final será divulgado no encerramento do ano letivo. Não deixem de acompanhar!

 Quem foi Dom Marcos Barbosa?

 Dom Marcos Barbosa, OSB, (1915 —1997), foi um monge beneditino brasileiro e padre católico, escritor, poeta e tradutor, membro da Academia Brasileira de Letras.

 Nascido em Cristina, Minas Gerais, veio para o Rio de Janeiro, em 1934, a fim de matricular-se na Faculdade Nacional de Direito, onde bacharelou-se em Ciências Jurídicas e Sociais. Tendo iniciado o curso de Letras Clássicas na Universidade do Distrito Federal, interrompeu-o em 1939 para ingressar no Mosteiro de São Bento, juntamente com uma dezena de jovens recém-formados, entre eles Dom Lourenço de Almeida Prado.

 Já então fora redator de duas revistas e publicara alguns poemas e artigos em outros órgãos da imprensa. No Mosteiro, a convite dos superiores, prosseguiu de certo modo sua carreira de escritor, dedicando-se principalmente a escritos de cunho religioso.

 Traduziu, além de obras de Paul Claudel e François Mauriac, três livros que se tornaram famosos: O Pequeno Príncipe, O menino do Dedo Verde e Marcelino Pão e Vinho.

 Escreveu diversas crônicas em jornais e revistas, mantendo uma coluna semanal no Jornal do Brasil. Também manteve um programa de rádio na Rádio Jornal do Brasil, intitulado Encontro Marcado, que ia ao ar diariamente às 18 horas. Em seguida, esse programa passou a ser transmitido pelas rádios Carioca-AM e Catedral-FM, também diariamente.

 Ocupou na Academia Brasileira de Artes a vaga de Alceu Amoroso Lima. Recebeu o Prêmio de Poesia do Pen Clube do Brasil, em 1986; agraciado, em 7 de junho de 1990, com a condecoração de Chévalier des Arts et des Lettres, concedida pela República Francesa. Recebeu, em 1995, o Prêmio São Sebastião de Cultura da Arquidiocese do Rio de Janeiro, como Personalidade do Ano.

 Faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 5 de março de 1997.

 


Voltar

  • Buscar Evento